OuláEditar

Oulá! Finalmente vivalma por cá! Isto está parado, e tem muita confusão por cá, bem que precisava de um usuário nativo. Falas fluentemente mirandês? Alchimista 23h29min de 13 de Janeiro de 2010 (UTC)

Si, falo natibamente esta léngua de Pertual. Bien haias pula tue upa. Diç cousas pa ber se se limpa esta cunfuson. --Pisones 23h31min de 13 de Janeiro de 2010 (UTC)
Dominas esso de ls robós? Ye que hai erros repetidos por todas las páiginas i talbeç podisses ajudar. Ye possible sustituir por eisemplo ua palabra que steia mal an todos ls artigos? --Pisones 23h34min de 13 de Janeiro de 2010 (UTC)
Sim, percebo um pouco de robos, tenho dois na pt.wp, e essa era a ideia, ir arr--Aeron10 20h40min de 30 de Janeiro de 2011 (UTC)umando os bastidores desta wiki, e fazer o mesmo com a documentação. Mas não falo (ainda) mirandês, como deves ter reparado, recorro a um tradutor, por isso preciso de um revisor. Estou a criar modelos de artigos para depois ir criando, mas mesmo ai preciso de um revisor dos modelos. Quais os erros mais frequentes? Alchimista Fala comigo! 23h44min de 13 de Janeiro de 2010 (UTC)
Fui eu que fiz o dito tradutor. Há erros que são impossíveis o tradutor conhecer. Por exemplo, "eu disse" -> "you dixe"; "ele disse"-> "el dixo"; se colocares no testo original em português "...e disse..." não se consegue deduzir como fica. Para além destes detalhes há outros erros que foram detectados com o evoluir do tempo e ficaram em artigos já antigos. Deixo uma lista de palavras pa ver se consegues por a substituir:
veículo traduzia mal para "beiclo" e deve ser "beiclo";
século traduzia mal para "seclo" e deve ser "seclo";
tradicional deve ser tradecional...

Vê se consegues substituir isso em série e depois digo mais que me lembre. Bien haias, --Pisones 23h55min de 13 de Janeiro de 2010 (UTC)

Criei uma sub-página Outelizador:Alchimista/typos para registar isso, futuramente, quando houver administradores, será possível os programas de semi-bot corrigirem automáticamente, com supervisão humana. Entretanto, edições em massa como recategorizações, inserção de textos ou modelos, posso fazer sem grande esforço. Criei igualmente para teste a página Outelizador:Alchimista/Portal de la quemunidade para servir de um ponto informativo, pois ali seria mesmo um ponto confluente de informação, e não de discussão. Vou ver se algum stewart move aquilo para a taberna, com fusão de histórico. Entretanto se precisares de alguma coisa e por aqui não responder, podes contactar-me na pt.wp, ou no irc (irc://freenode/wikipedia-pt). Alchimista Fala comigo! 00h06min de 14 de Janeiro de 2010 (UTC)
Nunca percebi bem a cena de administradores; como se cria esses bots e o catano. Talvez me pudesses explicar, humm, parece interessante e evitava-me trabalho. --Pisones 00h21min de 14 de Janeiro de 2010 (UTC)
m:Bot, há vários frameworks, embora o mais utilizado seja o python. Sobre os administradores, são mais operadores de sistema, que podem eliminar páginas, bloquear páginas e utilizadores e editar no mediawiki. Por ora não são muito necessários, os stewarts por vezes aparecem cá para eliminar as páginas, mas por vezes daria jeito ter administradores. Alias, para poder ser ousado um bot por cá, a flag de bot teria de ser atribuida por um burocrata, coisa que não temos, ou seja, tem de ser pedido no meta. Mas com o tempo as coisas vão-se compondo. Vou tentar configurar o AWB para poder ser ousado cá com o Typos, uma espécie de corrector ortográfico automático. Por fim, vou pedir aos stewarts para juntarem o actual Biquipédia:Portal de la quemunidade à Biquipédia:Taberna, para substituir por Outelizador:Alchimista/Portal de la quemunidade, podes ver se tem algum erro? Fica difícil para quem entra de novo encontrar a informação, e isso impede novos usuários. Depois é ir discutindo na taberna, para o povo se habituar, sabes quem mais costuma editar por aqui com frequência? Alchimista Fala comigo! 00h39min de 14 de Janeiro de 2010 (UTC)
Eu sou o mesmo de há bocado. Há mais algumas pessoas a editar mas são irregulares ou algumas também não falantes de mirandês. Essas páginas Biquipédia:Portal de la quemunidade e Biquipédia:Taberna, podem ser editadas por qualquer pessoa, não percebo porque é necessário esses stewarts. Anyway, bou a reber l que tenes nesse portal. --Cecílio 01h02min de 14 de Janeiro de 2010 (UTC)
O Portal de la quemunidade é para servir como um directório da informação relativa a comunidade e ao trabalho interno, enquanto a taberna para discussões. Os stewarts seriam para mover o conteudo actual do portal para a taberna com fusão de histórico, ou seja, fundir o histórico das duas páginas. Assim fica mais fácil pois pode ser adicionado o interwiki no portal, e quem vier de outras wikipédias guia-se por ai, em busca da informação. Alchimista Fala comigo! 01h24min de 14 de Janeiro de 2010 (UTC)
No menu options, desactiva a opção auto-tag, para não adicionar as tags inglesas. Alchimista Fala comigo! 03h25min de 14 de Janeiro de 2010 (UTC)


Boas, tens de ter cuidado com a utilização do AWB, pois não estás a usar da melhor forma. O melhor mesmo é criar a lista com todas as palavras a alterar, e no final alterar tudo de uma vez. Históricos como este não são nada bons... Alchimista Fala comigo! 10h38min de 17 de Janeiro de 2010 (UTC)
Tenes rezon, esses stóricos nun son nada buonos. Mas you criei eiqui estes [typos] mas nun me deixa correr esses typos cume robó. Buono, por hoije yá me chega. Mas bei se arranjas un modo melhor. De l género, esses typos inda nun fúrun corridos subre todas las páiginas. Acho que cun 99% agora esses tipos puoden ser sustituídos a las ciegas(agora). --Pisones 10h44min de 17 de Janeiro de 2010 (UTC)
Pois, mas como esse tem imensos artigos, aliás, não podes sequer editar em modo bot, para isso é preciso aprovação. O melhor mesmo é refrear um pouco o uso do AWB, pois ainda arranjas problemas. Os erros que não constarem do typos adiciona lá, e não te preocupes em corrigir os erros com o AWB por ora. Daqui por uns tempos, quando já se tiver uma quantidade considerável de erros dá-se uma passada pelos artigos e corrige-se o máximo de erros com o mínimo de edições. Alchimista Fala comigo! 10h49min de 17 de Janeiro de 2010 (UTC)
Queda treminado!!(Fica combinado) Thank's --Pisones 10h55min de 17 de Janeiro de 2010 (UTC)

La Biquipédia cumo ferramienta de promoçon de l mirandêsEditar

Oulá Pisones, por fabor bé l post que coloquei na "Taberna". Se stubires antressado, por fabor respunde. Oubrigado i un abraço zde la cidade de l Porto, Manuel de Sousa 18h27min de 26 de Janeiro de 2010 (UTC)

Mie candidatura a admenistrador de la BiquipédiaEditar

Porque acradito que puodo ajudar la Biquipédia mirandesa a l'abançar, apersento a mie candidatura a admenistrador. Bota eiqui. Oubrigado, Manuel de Sousa 16h01min de 4 de Febreiro de 2010 (UTC)

Botaçon para altarar l "namespace" 'Wikipedia' para 'Biquipédia'Editar

Coloquei na Taberna ua perpuosta d'altaraçon de l domínio "Wikipedia" para "Biquipédia". Por fabor, besita la páigina i bota nesta perpuosta. Oubrigado! --Manuel de Sousa 18h27min de 12 de Febreiro de 2010 (UTC)

I presented a proposal at Taberna for the creation of "Biquipédia" as the alias namespace for "Wikipedia" at the Mirandese Wikipedia. Please visit the page and vote. Thanks! --Manuel de Sousa 18h27min de 12 de Febreiro de 2010 (UTC)

Re: CousasEditar

Olá, Pisones. Escrevo-te em português para não correr o risco de dar erros em mirandês. Em primeiro lugar, quero agradecer as tuas simpáticas palavras sobre a minha eleição para administrador. Quanto às questões que me colocas:

  1. Tradução dos links: eu acho que os links devem ficar na língua de origem. Se o link for a uma notícia em português, deve ficar em português; se for a um site em inglês, em inglês, etc. É assim nas outras wikis, também.
  2. Tradutor automático: como sabes, eu sou portuense e não domino o mirandês. Por isso, recorro ao tradutor automático que, em boa hora, tu decidiste criar. Passarei a colocar o modelo {{traduçonOuto}} nos artigos que for fazendo, como me recomendas, e esperar a tua revisão. Uma das formas que tu tinhas para melhorar o tradutor e contar com mais colaborações seria colocá-lo como ferramenta wiki, aberta a todos.
  3. Notas mirandesas: bem sei que o "tu" deve ser sempre privilegiado, em detrimento do "você" e que tb não se usam palavras tipicamente brasileiras. Tenho tentado ter isso presente. O problema é que há gente que importa acriticamente artigos inteiros da wiki lusófona, limitando-se a passá-los pelo tradutor automático, sem a mais leve adaptação! Se calhar haverá que contactá-los e alertá-los para o problema que, acredito, nem sequer tenham consciência...
  4. Academia Wikipédia: Hoje de manhã tive uma reunião com o Waldir a propósito da AW e falámos da Wikipédia mirandesa. Como é? Poderás vir? Nós suportamos os custos da tua deslocação. Diz-me qualquer coisa. Se preferires, contacta-me por e-mail.

Um abraço, Manuel de Sousa 12h59min de 16 de Febreiro de 2010 (UTC)

Bou ber esso de la palhestra, apuis yá te respondo por correio eiletrónico. Ua cousa ne ls links an pertués. Se fur notícia talbeç debe quedar an pertués. Mas se por eisemplo fur un títalo genérico? Por eisemplo ua ligaçon pa l sítio de l gobierno pertués? ó menistério? Acho que debe quedar: "Gobierno Pertués" i nó "Governo Português". De todo modo, acho que debie, tamien por esso traduzido. Se nó, cume sabes nun hai muitas notícias an mirandés, quedában todas las refréncias an pertués. --Pisones 01h44min de 17 de Febreiro de 2010 (UTC)
Caro Pisones, concordo com o que dizes. Sobre a AW fico, então, a aguardar notícias tuas. Só um reparo: quando responderes a um comentário meu, deves fazê-lo na minha página de discussão e não na tua. Só assim eu recebo a informação: “Tu tenes nuobas mensaiges”. Caso contrário, não sou notificado de que tu me respondeste. Um abraço, Manuel de Sousa 12h16min de 17 de Febreiro de 2010 (UTC)

Bariadade sendinesaEditar

Pisones, obrigado pelas revisões que tens feito aos textos, como foi o caso, agora, do artigo do Vasco da Gama. Aceito que tu, sendo de Sendim, tentes puxar a brasa à tua sardinha ;-) mas discordo da colocação de uma grande caixa no topo das páginas a avisar da variante. Eu tentei torná-la mais pequena e discreta mas, mesmo assim, fica com um aspecto excessivamente intrusivo nos artigos.

Se calhar devemos criar uma política nesta Biquipédia especificamente sobre a questão das variantes, tal como existe na Wikipédia lusófona: pt:Wikipedia:Versões da língua portuguesa. O que achas? Seria de abrir uma discussão sobre o tema na Taberna? Um abraço, --Manuel de Sousa 23h06min de 17 de Febreiro de 2010 (UTC)

Nun ye queston de puxar. Ye que crieste (i bien) l artigo nessa bariadade(la defréncia besible ye las palabras "pertuesas" ampeçadas por l quedáren mesmo "l" an sendinés, anquanto na outra bariadade l "l" passa pa "lh": lagarto-> lhagarto). Solo meti l modelo por esso. Puode-se çcutir melhor esso na taberna. --Pisones 00h22min de 18 de Febreiro de 2010 (UTC)
Pisones, compreendo bem essa diferença do sendinês em relação aos demais falares mirandeses, apenas discordo da colocação do rótulo no topo das páginas. Como bem sabes, tb há diferenças entre pt-pt e entre pt-br e em nenhum artigo da Wikipédia lusófona há avisos semelhantes. No entanto, se este é um assunto importante, deve ser objecto de regulamentação própria nesta Biquipédia. Queres tu propor uma regra (que terá a designação de "política", "norma", "recomendação" ou outra que viermos a decidir) sobre este assunto, à semelhança da pt:Wikipedia:Versões da língua portuguesa? Um abraço, --Manuel de Sousa 11h08min de 18 de Febreiro de 2010 (UTC)
P.S. – Por favor, responde na minha página de discussão e não na tua, pelas razões que já descrevi acima, no tópico "Re: Cousas". Obrigado!

Tamaño de un articuloEditar

Disculpa te escribo en español pues es la lengua que manejo y quisiera saber cual es el tamaño que estimas debe tener un articulo.--NaviaTV 16h54min de 26 de Febreiro de 2010 (UTC)

Oubrigado por o teu boto de bun trabalho na Biquipédia! --NaviaTV 19h35min de 26 de Febreiro de 2010 (UTC)

Lista de nomes mirandesesEditar

Olá Pisones, para sabermos a forma de traduzir os nomes dos reis, príncipes, papas e santos para mirandês, talvez fosse bom tu criares uma lista de nomes próprios mirandeses -- uma coisa deste tipo --, eventualmente com o seu equivalente em português. O que achas? Um abraço, Manuel de Sousa 09h29min de 2 de Março de 2010 (UTC)

Tens razão! Não me tinha apercebido disso. Seja como for, acho que é útil ter essa lista na Biquipédia, pelo que copiei o seu conteúdo para Lhista de nomes mirandeses. Abraço, Manuel de Sousa 18h47min de 2 de Março de 2010 (UTC)
Faltam nomes como Antero, Aurélio, Bernardo, Cristina, Fausto, Gonçalo, Isabel, Lídia, Mamede e Sandrina. Podias acrescentar? Obrigado, Manuel de Sousa 01h12min de 4 de Março de 2010 (UTC)
Como é Agostinho, "Agostico"? E Tomás, é igual? E César Augusto, tb é igual? Manuel de Sousa 13h14min de 6 de Março de 2010 (UTC)

Angariação de novos editoresEditar

Pisones, a Biquipédia vai progredindo e, como saberás, já passou os 300 artigos. No entanto, estou convencido de que existe um enorme potencial de crescimento e que, com algum esforço, podemos almejar atingir os 20 mil artigos que tem, por exemplo, a Biquipédia aragonesa.

Mas, para tal, é necessário um trabalho de catequização de parte do largo contingente de colaboradores da Wikipédia lusófona -- não só dos portugueses, mas tb dos brasileiros. Para isso, estou a pensar em colocar anúncios nas diversas Esplanadas e criar uma página de acolhimento a esses recém-chegados aqui, na Biquipédia. Como estas pessoas não falam mirandês e, muitas delas, provavelmente nunca ouviram falar de tal coisa, esta página teria de ser escrita necessariamente em português, explicando o bê-á-bá da edição de artigos na Biquipédia.

Que te parece tudo isto?

Preparei já uma primeira versão desta página de acolhimento que pedia que revisses, alterando tudo o que julgares conveniente. Obrigado e um abraço, Manuel de Sousa 12h21min de 10 de Março de 2010 (UTC)

Revisões de textos e dúvidas no MirandêsEditar

Caro Pisones,
Em primeiro lugar agradeço as tuas revisões aos vários artigos que tenho editado ou criado. Quanto ao tema que lancei na Taberna, sobre os artigos e respectivos textos, penso que temos uma boa base de trabalho entre os utilizadores mais activos, o importante agora é conseguir transmitir a mensagem aos novos e aos esporádicos.
Ainda hoje revi totalmente mais um artigo (felizmente não muito grande) orientando-me pelo artigo espanhol (gémeo do artigo interlingua), peço-te uma correcção final.

Sinto as mãos atadas em alguns artigos, com dúvidas que se repetem em vários deles, preciso de alguns esclarecimentos de modo a que possa avançar com várias revisões, sem sobrecarregar o trabalho de revisão e evitando mais correcções desnecessárias:

1- Será aceitável deixar “fazenda” e “fazendeiro” em artigos sobre realidades brasileiras? Assim como num texto em francês ou inglês se pode ler “hacienda” (entre aspas ou em itálico) referindo-se a uma propriedade rural no México, por exemplo. Mas se não forem termos correntes em mirandês (para as mesmas realidades exactas), teremos que alterar as denominações (pelo menos) em se tratando de realidades universais ou outras, como por exemplo, em se tratando de plantações nos Estados Unidos ou propriedades rurais na Austrália.
Em português falamos em “propriedades” (no geral), que pode ser uma “quinta” no Douro ou uma “herdade” no Alentejo (com dimensões muito diferentes). Em mirandês temos “hourto” e “fazienda” (e outros termos?), em que situações se aplicam? Como podemos traduzir, respectivamente, “quinta” (pequena ou média)? “herdade” (latifúndio)? Plantação? “Propiadade” (engloba todas as dimensões)? E o proprietário (em port. “lavrador”) pode ser sempre “lhabrador” (para qualquer dimensão de propriedade)? Tanto significa o dono como um empregado? E “arador” é quem trabalha a terra?
A introdução da página Agricultura precisa de uma revisão.

2- Alterei “rifle” (como dizem “espingarda” no Brasil) em vários artigos para “spingarda” ou “scopeta”. Creio que ambos os termos estão correctos. Será que algum deles é usado correntemente e outro raramente? Ou são ambos termos correntes?

3- Tenho notado que nalgumas palavras derivadas a ortografia muda, como em “contra” e “cuntrairo” (?) e vários outros casos. Muitas vezes fico na dúvida até que ponto é uma regra geral fonética ou se noutras vezes o radicar se impõe.
Por exemplo: o natural da Índia (ou que se lhe refere) é “andiano”, mas países ou territórios com nomes derivados, é “Andonésia” ou “Indonésia”? “Andochina” ou “Indochina”?
É “Filipinas” ou “Felipinas” (de Felipe)? Deve ser “Felipinas”... mas note-se que, apesar da raíz ser de “Felipe”, temos em português “Filipe / Filipinas”, mas em espanhol “Felipe / Filipinas”...
Fazer uma revisão geral e final à lista de países torna-se algo urgente...

Uma vez que não estou a escrever para a geral, apenas por facilidade minha e rapidez escrevi em português, mas podes responder-me em mirandês ou português, conforme entenderes.

Saludos --Espadeiro 16h18min de 12 de Abril de 2010 (UTC)

Obrigado pelas tuas explicações; fiquei esclarecido em quase todos os pontos.
Começando pelo fim (3), de facto a escrita, regra geral submete-se à fonética, então será "Andonésia", etc. De facto não daria muito jeito dizer “Ândia”, logo, é “Índia” e “andiano”. Tem toda a lógica, uma vez que a fixação da ortografia em mirandês é muito recente (como acontece em casos semelhantes ou adopções do alfabeto latino durante o séc.XX) a escrita é muito próxima da fonética; não é o caso do português, onde a escrita e a pronúncia tiveram evoluções paralelas ao longo de séculos e que tem que atender a muito maior variedade de pronúncias. De facto em português também se diz “menistro”, apenas na televisão, onde cada vez se fala pior, ultimamente se preocupam em pronunciar muito “bem” o “i” em “ministro”...
Quanto à espingarda (2), a primeira vez que alterei “rifle” foi para “spingarda”, que vi nos “1000 artigos bitales”. Depois vi os dois termos no dicionário, presumi que “scopeta” era mais usado e passei a usá-la. Se assim for, penso que seria melhor passar o título do futuro artigo para “scopeta” e no texto referir “scopeta ó spingarda”.
No que se refere a “fazenda” e “fazendeiro” (1), confirma-se o que eu pensava, mas não fiquei bem esclarecido quanto ao(s) termo(s) quem usam em mirandês... É sempre “huorto” quer seja uma quinta pequena ou um grande latifúndio? Onde estava o “fazendeiro George Washington”, alterei para “lhabrador George Washington”. “Plantation”, na América, são áreas enormes, comparado com a “farm” (que também pode ser muito maior que as nossas “quintas”, mais como uma “herdade”)... Seria "amirandesado" para “plantaçon” (tal como pode ser aportuguesado para “plantação”, mas também adaptado para “quinta”, ou “alentejanizado” para “herdade”), ou ficaria “hourto”? De facto não me lembro ter ter viso “quinta” num texto em mirandês, a não ser na toponímia (provavelmente do português).
Penso que podemos alterar todos os “fazendeiros” para “lhabradores”, mas fiquei com a dúvida de como devemos alterar “fazenda”, regra geral, ou conforme os casos...
No seguimento destes assuntos: há muitos termos desajustados que se repetem muito, tem que sofrer uma revisão geral. Tenho poucos conhecimentos de informática, não sei como funcionam os “robots”, mas seria caso de alterar de forma automática todos os casos de “fazenda” e “fazendeiro”. “Stado-ounidense” (se ainda os houver) e muitos casos semelhantes, também são sistematicamente para alterar. Fiz muitas alterações manuais, aproveita-se para uma revisão geral dos textos, mas muito demorado, trabalhoso, e escapam sempre casos. Outros casos há, que a revisão só pode ser manual, como “gran-(duque, mestre, etc.)”, para não irem por arrasto os “granos” vários. Casos como o “afro-amaricano” ou “afro-brasileiro”, também não podem ser alterados automáticamente para “negro”, mas, caso contrário, vão ficar muitos espalhados pelos textos. Talvez fosse mais eficaz fazer a alteração automática e revê-las cuidadosamente (as palavras isoladas a encarnado destacam-se bem) e reverter manualmente casos como “ourganizaçon afro-amaricana”, “culto afro-brasileiro”, etc...
Ainda: A Lista de países (propriamente dita), penso que está revista, mas o texto de introdução ainda está muito decalcado de uma realidade Lusófona global (Os nomes são apresentados nos padrões de português de Portugal (e outros países) e do Brasil;.../ Ls nomes son apersentados ne ls padrones de mirandés de Pertual (i outros países);... , etc.), deve levar uma revisão geral e ser adaptado à realidade Mirandesa/Portuguesa. Falta reorganizar a lista por ordem alfabética, mas isso qualquer não-falante pode fazer quando tiver oportunidade.
Na página Biquipédia:Ourtografie, que está parcialmente feita e revista, tenho dúvidas nos títulos das secções: “Percípios gerales” deve ser “Percípios girales”?... E “Alfabeto”, exsite a palavra? Ou deverá ser “Abc”?
Saludos --Espadeiro 11h19min de 13 de Abril de 2010 (UTC)
Aparece algumas vezes a abreviatura “EUA”, que é um contrasenso, uma vez que em mirandês se diz “Stados Ounidos de la América”... Na línguagem falada, em mirandês (como em português e na maioria das línguas) são os “Stados Ounidos”, e (à excepção dos americanos, que dizem “States”, “US” ou “USA”) não é costume usar a abreviatura fora da linguagem escrita. Não sei se em mirandês escrevem “SOA” ou se não há antecedentes da abreviatura e é apenas “Stados Ounidos”, falado ou escrito...
De qualquer modo, na página Stados Ounidos de la América aparece “USA ó US (an anglés) i EUA (an pertués)”, que deve ser revisto e ficar como referência. No caso de existir uma abreviatura consagrada em mirandês, deve ser alterada; caso não, até pode (eventualmente) aparecer a abreviatura em português, mas com essa nota...
Saludos --Espadeiro 16h00min de 13 de Abril de 2010 (UTC)

Querido Pisones: ¿En donde se habla el mirandes más? Julio Puentes 19h59min de 13 de Abril de 2010 (UTC)

L mirandés ye falado ne l praino mirandés ó tierras de miranda, cunceilho de Miranda de l Douro mais alguas tierras de Bumioso cume Caçareilhos i mesmo até ne l cunceilho de Mogadouro, anque mal recoincido(siempre squecido) ne ls studos. Un eisemplo ye la tierra de Ruolos, an pertués Úrros. Mas l bocabolairo stende-se al nordeste trasmuntano, i un eisemplo desso ye un moço de Carbiçais, bocalista agora de l grupo coincido Blasted Mechanism, tenga arranjado l nome artístico de "Guitshu" por ousáren esse nome quando era nino. I esse nome ben/ye eiquibalente a Guicho an mirandés, que ten l sentido listo/spierto/atibo.... Mas se birmos que ls mirandeses eimigrórun ó fúrun pa outras cidades pertuesas, l mirandés ye falado zde Lisboua até a la Fráncia. Apuis hai inda eisemplos de pessonas de ls Japon(hai un decumentairo, "DO JAPÃO À TERRA DE MIRANDA" subre esso) ó Brasil (you publiquei ua anterbista a un neofalante ne l jornal, solo hai que percurar) que son neofalantes. Saludos, --Pisones 01h40min de 14 de Abril de 2010 (UTC)

A propósito de uma reversão de "New Orleanes" para "New Orleans" (em inglês), como no texto original (em português): o tradutor automático transforma em "New Orleanes", que, é óbvio que não está certo; porém a toponímia apresenta algumas dificuldades, pois há terras que são sempre traduzidas (Lhondres, Nuoba Iorque, etc.) e outras que habitualmente não (Birmingham, Maastricht, etc.), mas algumas são usadas indiferentemente (Genève/Genebra, Basel/Basileia, Stuttgart/Estugarda...). Em português é costume dizer "Nova Orleães" (em fr. "Nouvelle Orléans") e tenho alterado em mirandês para "Nouva Orleanes"... está certo? --Espadeiro 09h10min de 15 de Abril de 2010 (UTC)
Diz-se "pára-quedas" ou existe "pára-chimpas"?... --Espadeiro 19h12min de 15 de Abril de 2010 (UTC)
Obrigado pelos vários esclarecimentos. Estou a ver que vou ter que trocar várias "New Orleanes" e "Nuova Orleanes"... Reparei na mudança de género em "la fin"; está-se sempre a aprender. De facto o género não tem regra, pode ser igual ou diferente em português, espanhol, francês, e simplesmente é assim porque é assim, só tem que se saber.
Nestes meses já fui aprendendo algumas coisas da língua, reparo muito nas alterações feitas pelos falantes e exploro o mais possível a informação disponível no dicionário online, convenção ortográfica, etc., mas sim, dava-me jeito saber mais umas "manhas" para aprender "rapidamente" mirandês. --Espadeiro 23h27min de 15 de Abril de 2010 (UTC)

RebisonesEditar

Bi que tenes stado a fazer muitas rebisones i correçones sistemáticas cun AWB (eis: EUA > Stados Ounidos). Tengo fazido las rebisones que puodo i sei (que depuis ténen que ser tamien rebistas), mas bou aprobeitando para fazer adataçones, correçones eibidentes, etc. Las correçones sistemáticas fazidas manualmente son mui trabalhosas (i queda siempre algo que nun fui bisto) mas ténen la bantaige se se aprobeitar para fazer ua rebison giral (cumo tengo feito alguas) i adianta-se algun trabalho. Nun sei cumo fazer pa ousar un sistema semi-outomático, poderie adelantrar muito mais. Debe haber siempre algun cuntróle, para nun emendar “demais”; por eisemplo: rifle ye siempre scopeta ó spingarda i fazendeiro ye siempre lhabrador ó agricultor, mas fazenda puode ser huorto ó l Menistério de la Fazienda, termo puode ser palabra ó cundiçones (dun tratado), etc. Cumo puodo fazer rebisones outomáticas para trocar la mesma palabra an todos ls testos (eis: stado-ounidense > amaricano)? --Espadeiro 09h37min de 17 de Abril de 2010 (UTC)

Oulá 2Editar

Oulá, bienbenido de buolta. Tenemos-t'outra beç a colaborar custantemente? Hai muitos artigos para reber, i staba a pensar criar artigos subre las freguesies i cidades cun bot, mas perciso de falantes natibos. Para alhá de l mais, las mensaiges de sistema puoden cunter erros, pul que percisamos d'ajuda. Alchimista Fala comigo! 12h01min de 26 de Janeiro de 2011 (UTC)

Greetings from ItalyEditar

Hello. We’re looking for someone who could translate and upload on mwl.wikipedia this page. It is also published in Portuguese and Spanish if you prefer.Can you help us please? It’s very important for us. Thanks a lot !--Aeron10 20h40min de 30 de Janeiro de 2011 (UTC)

Tradutor MirandésEditar

Pisones, posso apagar a página Tradutor Mirandés? Não é um artigo. Manuel de Sousa 00h06min de 31 de Janeiro de 2011 (UTC)

Tradutor Mirandés foi recentemente movida por mim para Outelizador:Cecílio/Tradutor Mirandés e Cumbersa:Tradutor Mirandés/Arquibo1 movida para Cumbersa outelizador:Cecílio/Tradutor Mirandés/Arquibo1. Imenso interesse em manter: dá-nos informação muita valiosa (e assustadora) sobre o "tradutor" [1] massiva e feralmente usado em mwl.wikipedia construído por Cecílio. Saúde. Garsd (discussão) 09h53min de 23 de Janeiro de 2013 (UTC)

Convite à discussãoEditar

Viva. Gostaria de convidar-vos para a discussão decorrente sobre a minha proposta de recomendação. Esta proposta, a ser aceite, cambiará radicalmente o método de edição de mwl.wikipedia que tem vindo a ser encorajado até hoje: Biquipédia:Acolhimiento para lhusófonos. Na sua essência, a minha proposta regulamenta que qualquer tradução mecânica de texto tem de ser revista por um humano com conhecimento avançado de mirandês antes de ser aposta como conteúdo no domínio principal. Considero que esta proposta representa uma mudança de mwl.wikipedia para melhor, mas radical. Por isso, gostaria que fosse discutida o mais amplamente possível antes de aprovada. Calorosamente vos convido! Saúde. Garsd (discussão) 22h34min de 10 de Febreiro de 2013 (UTC)

Tábua dos avisosEditar

Olá. Queria deixar-vos um nexo para a Tábua dos avisos que é o sítio em que avisos sobre sucessos mais importantes em mwl.wikipedia são postos. Tanto podeis consultá-la, quando quiserdes saber o que de importante está passando, como apor um aviso nela, sempre que estiverdes envolto em algo de importante. Saúde! Garsd (discussão) 10h24min de 20 de Febreiro de 2013 (UTC)

BenvindoEditar

Ora bons olhos te vejam a editar novamente por aqui, nem fazes ideia da falta que tens feito. Eu e o Manuel temos pensado em estratégias para trazer e integrar falantes de mirandês por cá, mas precisamos de alguém que faça a ponte com a comunidade local de falantes nativos, tens disponibilidade? Nem seria preciso muito tempo disponível, uma das grandes ajudas seria na documentação de ajuda, que convinha estar pelo menos em bom mirandês, e saber quais as instituições locais que poderiam aderir a um projecto de colaboração, tens disponibilidade para dar uma mãozinha? A continuar morto por muito tempo, o projecto corre o risco de fechar e ser arquivado. Eu ainda persigo o sonho de algo como en:Wikipedia:GLAM/MonmouthpediA, hehe. Abraço. Alchimista Fala comigo! 15h45min de 7 de Maio de 2013 (UTC)